Mesmo preso, Lula lidera pesquisas. Bolsonaro fica à frente em cenários sem o petista

Lula lidera as pesquisas de intenção de votos para a presidência, mesmo estando preso

Mesmo preso e inelegível, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera as pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República, com 30% e vence todas as simulações de segundo turno, segundo a pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (10).

Em segundo lugar, aparece o pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, com 19%. Bolsonaro lidera todas as pesquisas nos cenários sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Em todos os cenários sem o ex-presidente Lula, Marina Silva (Rede) aparece em segundo, logo após Bolsonaro, lugar com até 15%. Em seguida vem Ciro Gomes (PDT), em terceiro lugar, oscilando entre 10% e 11%. Geraldo Alckmin (PSDB) aparece quarto com 7%.

Segundo o Datafolha, Cirro Gomes e Alckmin estão empatados tecnicamente. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Mesmo na frente da pesquisa, Lula e Bolsonaro apresentam altas taxas de rejeição. O petista tem 36% e o deputado militar aparece com 32%. Os dois só ficam atrás do ex-presidente Fernando Collor (PTC) que aparece que 39% de rejeição. Não votariam em Alckmin 25% dos eleitores, Marina (24%) e Ciro Gomes (23%).

Esta é a primeira pesquisa feita após a paralisação dos caminhoneiros que parou o país e acontece dois meses após a prisão de Lula. O instituto entrevistou 2.824 eleitores, na quarta e na quinta-feira da semana passada. O PT reafirmou na sexta-feira (8) a candidatura de Lula, mas ele deve ser impedido pela Justiça de concorrer.

A pesquisa Datafolha também evidenciou que o presidente Michel Temer é o mais impopular da história do Brasil, com 82%, e que sua impopularidade aumentou, após a paralisação dos caminhoneiros.

Bolsonaro, Marina, Ciro e Alckmin
Bolsonaro, Marina, Ciro e Alckmin aparecem nesta ordem na pesquisa Datafolha em cenários sem o ex-presidente Lula – Imagem: O GLOBO

Cenário com Lula

No cenário com Lula, o petista aparece com 30%, seguido de Bolsonaro (17%), Marina (10%), Ciro e Alckmin com 6% e Álvaro Dias, do Podemos, (4%).

Cenários sem Lula

Com Fernando Haddad no lugar do ex-presidente, Bolsonaro têm 19%, Marina (15%), Ciro Gomes (10%), Alckmin (7%), Alvaro Dias (4%) e Haddad (1%).

Se o PT lançar Jaques Wagner no lugar de Lula, Bolsonaro aparece com 19%, Marina (14%), Ciro Gomes (10%), Alckmin (7%), Alvaro Dias (4%) e Jaques Wagner (1%).

Com informações de O GLOBO

Deixe um comentário

folha-roraima